quinta-feira, 10 de novembro de 2016

05 Dicas para uma reforma com economia, segurança e sem estresse.



As palavras "reforma e obras", geralmente quando pronunciadas costumam causar arrepios só de imaginar o quebra quebra, a bagunça, a sujeira e o estresse causado durante o processo. 
Elas são tão poderosas que têm o poder de desanimar quem está pensando em encarar uma reforma. 
Para espantar esse fantasma e fazer com que uma obra seja vista com outros olhos, aqui vão 5 dicas para o início da tão sonhada mudança; aquela que transformará sua casa em um ambiente agradável, bonito e confortável dentro da sua disponibilidade financeira e principalmente sem estresse.

1- Faça uma lista de suas reais necessidades, expectativas e desejos com relação ao ambiente a ser reformado ex: quero um ambiente agradável para relaxamento e descanso ou, quero uma área para receber amigos, ver filmes e ter aquele gostoso bate-papo ou ainda, preciso acomodar todas as minhas coisas nesse espaço pequeno e ainda montar o meu escritório.
Essas informações são fundamentais para se iniciar o projeto e obter o sucesso no resultado final.


2- Entre em contato com um profissional especializado, arquiteto ou designer de interiores para avaliar o local tecnicamente. Um levantamento sobre fiação, encanamento, estrutura e outros itens é feito para que não haja surpresas indesejáveis e tudo ocorra de maneira segura durante a reforma.


3- Se a obra envolve quebra de paredes, alteração de pontos elétricos, hidráulicos e se ocorre em apartamento ou condomínio fechado é obrigatória a apresentação de uma documentação técnica ao síndico e à prefeitura. Essa documentação é feita pelo profissional contratado e é fundamental para garantir a segurança e a tranquilidade das pessoas durante a obra.


4- Uma vez aprovada a documentação, é hora de dar início ao planejamento e ao desenvolvimento do projeto. Alteração de layout, definição de cores, especificação de materiais, pesquisas de preços com fornecedores confiáveis e prazos de entrega são algumas das etapas que deverão seguir de acordo com a disponibilidade financeira do cliente, o que para isso envolve transparência entre contratante e contratado; assim a obra ocorrerá com total segurança, economia e qualidade.


5- Um cronograma de obras é feito e acompanhado pelo profissional dia a dia, agilizando o processo e atendendo todas as expectativas do cliente. Toda responsabilidade da reforma fica por conta do arquiteto ou designer, que tem equipe de profissionais qualificados para executarem a obra com total agilidade e garantia dos serviços.


Lembre-se que a reforma é feita para proporcionar conforto e bem-estar às pessoas, além de agregar valor ao imóvel.  O ideal é que todo o processo ocorra de forma natural e sem estresse pois, o sucesso de uma reforma depende da parceria entre arquiteto, designer e cliente.


Se tiver alguma dúvida, mande para nós que teremos imenso prazer em respondê-la.
Um super beijo e até o próximo post!



quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Tapete, como escolher o melhor?

Se na hora de comprar um tapete surgir aquela dúvida de qual o melhor tamanho, cor e textura; essas dicas poderão lhe auxiliar para que faça a escolha ideal e deixe seu ambiente belo, confortável e seguro.


Foto: Casa Vogue


Foto: Casa de Valentina

Sabe aquela velha história de que o tapete precisa entrar embaixo do sofá pelo menos 30cm? Então, não existe uma regra a ser seguida. Tudo depende do tamanho da sua sala. O importante é seguir uma proporção e deixar tudo em harmonia.



Foto: Decor Fácil

 O tapete deve ser um dos últimos itens a ser adquirido na decoração da sua sala nova. Depois que os móveis estiverem posicionados, veja qual a área que quer cobrir com ele utilizando uma fita métrica e saia às compras. 

Claro que, se você tem um tapete com valor sentimental e não quer se desfazer dele de jeito nenhum, comece a decoração partindo dele. Leve em consideração as cores, textura e tamanho, e vá compondo o resto da sala em harmonia com essa peça.


Foto: Buzz Feed

Se esse tapete "especial" for pequeno, compre um maior para servir de base, que atenda as medidas necessárias do ambiente e faça uma sobreposição, o ambiente ficará lindo!

Foto: Casa de Valentina


Foto: Casa de Valentina


Quanto ao formato quadrado, retangular ou redondo, é necessário analisar o ambiente na hora da escolha. Os redondos são ótimos para dar destaque por exemplo, na mesa de centro.


Foto: Houzz


Foto: DecorFácil


Foto: Minha Casa
Já pensando nas cores, tapete escuro tende a diminuir o ambiente, é ideal para salas grandes e podem inclusive ter alguns detalhes coloridos. Já os claros como bege, branco e cinza são ideais para qualquer tipo de ambiente.


Foto: Decor Fácil

Foto: Dcoração

Foto: Arkpad

É importante ficar atenta as distâncias entre sofá e estante ou sofá e tevê. Se esse espaço é de circulação de pessoas, aplique sim a regra dos     30 cm embaixo do sofá, garantindo a segurança das pessoas que circulam por ali, e o ideal é que a largura do tapete seja maior que a largura do sofá.



Foto: ByKamy


Foto: Casa e Jardim
Seu espaço é amplo? Então tente comprar um tapete que ocupe toda a área da sala como os sofás, mesa de centro e poltronas, assim o tapete sinalizará ali um lugar mais intimista e confortável para aquele gostoso bate-papo. Não precisa necessariamente cobrir toda a sala, pode aparecer um pouco do piso, fica ótimo.

Foto: Jeffers Design Group


Foto: Home Bunch


Muitas lojas costumam levar até o cliente algumas peças para teste no ambiente, peças que você escolhe na loja mas fica em dúvida na hora da compra. Esse serviço especial é excelente porque nem sempre é fácil visualizar o ambiente num todo e isso evita arrependimentos e insatisfação na aquisição de um item tão importante como é o tapete na decoração.



Foto: Arkpad

Leve sempre em consideração que o tapete deve proporcionar conforto e aconchego no ambiente, além de levar personalidade e complementar a decoração com vida e alegria.



Foto: Desiretoinspire


Foto: Assim eu gosto


Foto: Assim eu gosto
Se você gostou da matéria deixe seu comentário e compartilhe com suas amigas. 

Um grande beijo e até o próximo post. 

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Sofá Chesterfield

Sabe aquele sofá imponente, elegante e luxuoso que dá vontade de sentar e sentir-se poderosa(o)?
Pois é, esse é o sofá Chesterfield!
Foto: Primer
Criado por Phillip Stanhope, 4º Conde de Chesterfield, cidade da Inglaterra durante a era vitoriana, por volta de 1900.
Imponente, esse sofá é um verdadeiro ícone da decoração de interiores.
Clássico e sofisticado, a versão original é toda feita em couro com capitonê e braços arredondados, porém existem no mercado reproduções em veludo e até em tecido patchwork.
Foto: Findingsilverpennies

Foto: Restorationhardware

Foto:Anthropologie
Se sua decoração pede um estilo clássico, aposte no couro preto, vermelho ou marrom.
Se quer um toque mais delicado, aposte em tons mais claros, mas se seu estilo é alegre e descontraído, vale investir no patchwork.
Foto: Adobesofas
Foto: Adobesofá
Foto: Etsy
Foto: Almocodesexta
Foto:Readerscorner
Foto: Britmorin
Foto: Soloeroticus
A peça é destaque em qualquer ambiente e se encaixa em qualquer decoração pelo luxo, classe e estilo!
Vale a pena ter um desses não é mesmo!!!

sábado, 27 de agosto de 2016

Aparadores atrás do sofá.

Ambientes integrados como sala de jantar e estar, por exemplo, pedem itens de decoração que possam fazer a divisão dos espaços com um certo toque de charme e beleza.
Uma dica "chique e simples" é utilizar aparadores atrás de sofás. 
Os aparadores embelezam o ambiente, servem de apoio para objetos e até se transformam em uma mini biblioteca.
Algumas imagens servirão de inspiração para você investir nessa peça tão versátil!!!

Foto: construindominhacasaclean

Foto: casa.com

Foto: casa.com

Foto: beabádadecoração

Foto: líderinteriores

Foto: letsdecor

Foto: assimeugosto

Foto: casavogue

Foto: decorandocomclasse

Foto: casavogue

Foto: casa.com

Foto: liderinteriores

Foto: tempodadelicadeza